DIVERSIDADE: "A partir de hoje, gays e lésbicas servirão no nosso Exército" comunicado ao Exército dos EUA

Cai a lei que restringia gays nas Forças Armadas dos Estados Unidos
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama (foto)comemorou o fim da lei que restringia a participação de gays nas Forças Armadas, a lei "Não pergunte, não conte" que vigorava desde a era Clinton, que foi banida na terça-feira (20).
"Patriotas americanos em uniforme não terão mais que mentir sobre quem eles são para servir o país que amam. A partir de hoje, nossas Forças Armadas não perderão mais a extraordinária destreza e experiência de combate de tantos militares gays e lésbicas", afirmou Obama, segundo reportagem do portal Estadão, com informações da Associated Press.
"A partir de hoje, gays e lésbicas servirão no nosso Exército com a dignidade e o respeito que merecem", informou ujm comunicado divulgado ao Exército também na terça-feira.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.