RECLAMAÇÃO: The Week e seus seguranças mal treinados

Neste mesmo espaço, que já fiz inúmeros elogios ao maior club gay do país, faço uma reclamação do péssimo atendimento dos funcionários da The Week São Paulo
Divulgação
"Tudo começou quando dei meu cartão e RG para pegar o cartão de entrada VIP no club, conforme nome enviado pelo novo sistema do promoter Fefo Brumati. Quando chegou a minha vez, com meu RG em mãos a funcionária perguntou se eu tinha algum outro sobrenome, respondi que não. Que meu nome e sobrenome eram aqueles mesmo do RG, mas que eu sempre coloquei sem o segundo sobrenome conforme o cartão White do club, ela procurou e disse que os dois "Geraldo's" que tinha na lista, nenhum era eu. Falei que não tinha problema e que pagaria a entrada.
Ao ser revistado, o segurança pegou minha mochila e viu minha câmera semiprofissional, disse que eu não poderia entrar com ela e que ela teria de ficar 'aqui fora'. Eu disse: "Não vou deixar a câmera aqui fora, guardo na chapelaria", ele: "Por que você está com essa câmera?", como se eu tivesse de dar satisfação da minha vida, mas respondi. "Eu estava em um show, fiz algumas fotos profissionais deste show e depois vim para a The Week", ele novamente disse: "Mas a câmera não entra, vou chamar o chefe da segurança". Após alguns minutos, e sendo abordado por duas seguranças, que queria saber o que tinha acontecido o chefe da segurança, veio e disse que a câmera não iria entrar.
"Não vou deixar minha câmera aqui fora com vocês" disse ele grosseiramente. "Não estou te pedindo para deixar aqui comigo, só estou te falando que a câmera não pode entrar, peço para o senhor deixar em seu carro". Neste momento um rapaz que estava passando disse: "Segurança coloca a câmera dele na chapelaria". O segurança, não respondeu ao rapaz e eu disse: "Senhor, eu não quero fotografar a balada. A câmera está aqui, simplesmente pelo fato que eu estava trabalhando e depois resolvi vir para a balada, só por isso. Sei que hoje terá esse desfile com essas modelos [na verdade as candidatas do Miss Universo] e que não pode fotografar sem autorização."
O segurança reforçou: "Mas a câmera não vai entrar". Perdi a paciência e disse: "Faz o seguinte, está aqui minha comanda que eu acabei de pegar, porque eu vou embora". Ele: "Mas eu estou tentando te ajudar, você não precisa ser mal educado". Eu perdendo já o controle da voz disse: "Estou simplesmente te devolvendo a comanda, por que eu não entro mais. Faz o favor, pega a comanda", neste momento ele pegou a comanda e eu fui embora.
Esta reclamação está sendo feita, abertamente, pois nos últimos meses, sempre falei bem da The Week neste espaço. Sei que seus gerentes e donos não gostam que este tipo de reclamação, aberta, aconteça. Mas não irei, de forma alguma recuar sobre isso. Do mesmo jeito que eu os elogiei, em diversos momentos, eu reclamo agora abertamente contra funcionários mal treinados e sem nenhum esforço para resolver o problema do cliente.

Sem mais."

Um comentário

Leonardo Costa disse...

Geraldo, a reclamação é extremamente pertinente. Na verdade acho que além de ser treinado pela direção da CASA THE WEEK, esses profissionais, deveriam ser treinados por sua classe representativa, pois, em sua maioria, os seguranças sempre criam GRANDES problemas com o clientes.

Sabemos que são essenciais, para o bom andamento de um evento ou festa, e por isso devem ser bem treinados, pois estão lhe dando com seres humanos, ainda mais tratando-se de uma festa no porte THE WEEK. Estou revendo muito meus conceitos em sair de casa, simplesmente pelo fato de não ter que me deparar com esse "profissionais" mal treinados.

Parabéns pela reclamação pertinente e tem meu apoio, juntamente por ser cliente da The Week e gostar da casa, é que fico muito triste em saber que episódios como este ainda aconteça lá.

Tecnologia do Blogger.