Emílio Santiago "O Brasil fica órfão de um bom cantor" - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

Emílio Santiago "O Brasil fica órfão de um bom cantor"

Emílio Santiago "O Brasil fica órfão de um bom cantor"

Share This
A morte do cantor Emílio Santiago nesta quarta (20) levantou uma questão polêmica, o quanto somos (estamos) órfãos de cantores homens. Aqui enumero grandes talentos como Caetano Veloso, Djavan, Roberto Carlos, Benito Di Paula, Cauby Peixoto e Ney Matogrosso, todos eles alçados ao mais alto patamar da música popular brasileira, que alcançaram muito mais que fama, conquistaram respeito.
Mas Emílio Santiago foi diferente, aliás ele é diferente. Por isso que se vê inúmeras frases de impacto que serviram de polêmica nesta quarta-feira triste de 2013, a morte do cantor foi comentada por grandes artistas, críticos e populares, frases lindas que levaram o nome do cantor figurar quase que o dia todo entre os assuntos mais comentados nas redes sociais.
Quando eu assisti este cantor no Sesc Pinheiros em Junho de 2011, eu já sabia de um potente voz. Do quanto ele era querido, respeitado e tarimbado, mas não tinha ideia do quanto a qualidade vocal seria capaz de me fazer arrepiar. Assisti a tudo apaixonado, entre fã e saí adorador de um artista nato, simpático, gentil, cavalheiro, educado e acima de tudo: verdadeiro cantor.
Escrevendo este texto com o coração aos pulos e com os olhos cheios de lágrimas, lembro-me do dia em que passei, das frases que li a respeito e comentários ouvidos, que mais completaram a minha grande admiração por este artista.
O difícil é responder "Qual sua música favorita?", isso serviu para repensar todas as belíssimas canções de amor e dor de cotovelo em que ele interpretou, mais difícil ainda, é tentar entender que teremos que viver ainda mais sem poder ouvir sua linda voz, sem ver seu sorriso avassalador e sem se apaixonar pelo seu charme irresistível.
Hoje se foi mais uma voz, que não se calará nunca pois nossos corações e ouvidos continuarão ávidos por este negão incrivelmente avassalador. O Brasil fica órfão de um bom cantor.

Pages