Cúpula do PSC vai se reunir e discutirá futuro de Marco Feliciano - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

Cúpula do PSC vai se reunir e discutirá futuro de Marco Feliciano

Cúpula do PSC vai se reunir e discutirá futuro de Marco Feliciano

Share This

Evento criado e realizado no sábado (9) que será repetido na quarta (13)
O PSC vai reunir sua cúpula no começo da tarde desta terça (12) para discutir o futuro da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados, na reunião serão discutidos as inúmeras manifestações contra a nomeação de Marco Feliciano para a CDHM.
"Existem repercussões em todo o país que não devem ser desconsideradas pelo partido" disse André Moura, líder da bancada na Câmara e completou "Existem repercussões em todo o país que não devem ser desconsideradas pelo partido." Ainda segundo o jornal Folha de S. Paulo (11/03/2013) o vice-presidente do partido disse que Feliciano continuará na presidência do CDHM e 'que o assuntos está encerrado.
Tuíte do Pastor Marco Feliciano contra homossexuais
Além de ser acusado de homofóbico e racista, por declarações no Twitter "A podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, à rejeição" e disse que "Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé" .
Feliciano responde a um inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal) por não ter recebido R$ 13,3 mil e não ter ido ao compromisso, segundo a reportagem da Folha. O Ministério Público do Rio Grande Sul, afirma que Feliciano e um assessor forneceram uma conta para o depósito 'ao firmarem um contrato para shows religiosos' e não compareceram, mesmo ter confirmado a presença um dia antes ao show através de um e-mail.
Em um culto realizado na noite de ontem (11) Feliciano afirmou que não vai renunciar ao cargo, segundo reportagem do portal de notícias UOL, cerca de 350 pessoas estavam no local e cerca de 200 manifestantes estavam do lado de fora da igreja.
No sábado (9) cerca de 15 mil pessoas espalhadas entre Brasil (Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza, São Paulo e Feira de Santana) Inglaterra (Londres) e Argentina (Buenos Aires) se reuniram em um manifesto contra o pastor, uma nova manifestação está agendada, nestes mesmo locais, nesta quarta (13) caso o Feliciano continue na presidência da Comissão.
Uma petição online pode ser assinada AQUI e pede a cassação de Feliciano. A petição está disponibilizada desde quinta (7) e já tem 361,428 mil assinatura, o ideal é 500 mil.

Pages