Manifestantes fazem protesto contra 'Banda Calypso' - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.


Um grupo de Manifestantes foram ao show da Banda Calypso em São José do Egito, no Sertão do Pernambuco, para protestarem contra a banda que tem como vocalista a cantora Joelma.
Joelma disse em março que é "casamento gay não é correto" e se disse contra e que conhece "muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar."
A estreia de #GeraldoPostMagazine
Cartazes como "Calypso precisa de cura" e "Feliciano representa Calypso" chamaram a atenção de Joelma que convidou os manifestantes a encontrar com ela no final do show no camarim. Ao fim do show Antonio José de Lima Filho, de 23 anos, fez um boletim de ocorrência na delegacia da cidade e disse que "O protesto seguia calmamente, até que no meio do show, ela disse que falaria comigo no camarim ao fim da apresentação. Fui com um rapaz da banda até lá, que perguntou sobre o cartaz e quis tomá-lo da minha mão. Ele ainda queria meu celular, que eu queria usar pra fazer uma gravação."
O rapaz ainda acusa o prefeito de ter lhe segurado para pegarem seu cartaz quando estava a caminho do camarim "me colocaram para fora feito um bicho, me chutando. Levei um murro na cabeça."
Segundo reportagem do G1 a assessoria da banda disse que Lima Filho foi sim convidado para ir ao camarim, mas nega que as agressões não foram feitas pela equipe da artista e que a confusão foi com seguranças contratados pela prefeitura e que o rapaz "seria de um grupo político contrário ao partido do prefeito Romério Guimarães" que é do PT.
"O caso não foi registrado no meu plantão, mas a gente já está apurando os fatos e pelo o que eu entendi é um crime de menor potencial, provavelmente uma agressão leve. As investigações vão dizer o que aconteceu" disse a delegada Maria do Rosário.

LEIA MAIS

Pages