"Se ele fosse homossexual ninguém iria levantar um dedo contra ele" disse Putin sobre Berlusconi - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

"Se ele fosse homossexual ninguém iria levantar um dedo contra ele" disse Putin sobre Berlusconi

"Se ele fosse homossexual ninguém iria levantar um dedo contra ele" disse Putin sobre Berlusconi

Share This

Segundo reportagem da Folha, Vladimir Putin disse que se Silvio Berlusconi "fosse homossexual ninguém iria levantar um dedo contra ele" ao comentar a turbulenta vida de Berlusconi que é acusado de fraude fiscal e responde a um processo de que 'teria pago para fazer sexo com uma dançarina que na época tinha menos de 18 anos.'
Putin é patrocinador de uma lei que proíbe a difusão de 'propaganda homossexual' entre menores e está sendo acusado de fazer um cruzada contra gays.
POLÊMICA
Recentemente uma polêmica está atormentando o governo Russo, o ministro da Cultura Vladimir Medinsky disse publicamente que o compositor Peter Tchaikovsky não era gay, como diversos historiadores relatam.
O assunto não será abordado na filmografia de Tchaikovsky que o governo russo está financiando, mas o governo admite que o roteiro foi revisado "para remover referências que poderiam torná-lo 'controverso'."

Pages