Um ano depois, telespectador ainda está de luto com fim de 'Avenida Brasil' - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

Um ano depois, telespectador ainda está de luto com fim de 'Avenida Brasil'

Um ano depois, telespectador ainda está de luto com fim de 'Avenida Brasil'

Share This
Um ano após o término de Avenida Brasil (a novela acabou no dia 19 de outubro de 2012) os noveleiros ainda amargam o luto da forma mais clássica, comentando situações e textos da novela de João Emanuel Carneiro, que parou o país no dia da exibição de seu capítulo derradeiro.
A vingança de Nina (Débora Falabella) contra sua ex-madrasta Carmem Lúcia (Adriana Esteves) movimentou o país, novela feita com e para a classe C elevou o patamar de grande atriz de Adriana Esteves, tiveram-se sim outros destaques, mas ninguém se sobressaiu mais ou como a maquiavélica e redimida no final Carminha que com suas caras e bocas fantasiosas de histéricas divertiam a todos, todos amavam e odiavam Carminha na mesma proporção.
Mas não se pode deixar de comentar os demais personagens como Tufão (Murilo Benício), que mesmo com o tipo de voz canastrão de suas outras novelas, estava ótimo no papel do marido otário traído, de Leleco (Marcos Caruso) como o tiozão que conquistar uma garota linda, mas que caiu na armadilha do destino de se reapaixonar pela esposa coroa, interpretada por Eliane Giardini.
Tiveram ainda o vilão Maxuel (Marcelo Novaes) que desde a primeira cena mostrou que já está um ator completo, saiu totalmente do vínculo 'sem camisa' comédia rasgada, e aterrissou no horário, finalmente, em um papel digno, da chata e amada Ivana (Letícia Isnard) com seu jeito 'fofo' de falar com o marido divertia a todos.
No geral, Avenida Brasil, apesar de todo sucesso, está longe de ser a-melhor-novelas-de-todos-os-tempos como muitos a definem, JEC só teve a sorte de estrear após uma novela chata, como Fina Estampa, e antes de uma novela clássica como Salve Jorge, mas que, em um está deixando uma muitas saudades, ah "isso só pode ser culpa da Rita."

Pages