Benedito Ruy Barbosa diz que odeia "história de bicha"

O autor Benedito Ruy Barbosa foi no mínimo 'indelicado' na coletiva de imprensa de lançamento da novela Velho Chico, o novelista mostrou-se preconceituoso ao dizer que “Odeio história de bicha. Pode existir, pode aceitar, mas não pode transformar isso em aula para as crianças. Tenho dez netos, quatro bisnetos e tenho um puta orgulho porque são tudo macho pra cacete”, segundo reportagem do jornal Extra, das Organizações Globo.
O novelista, ainda segundo a reportagem, foi interrompido pela filha Edmara, que escreve a novela que é de seu argumento, mas ele insistiu "Deixa eu falar, ué. É a minha opinião."
Não feliz com a frase homofóbica o autor de novelas como Esperança (2002), O Rei do Gado (1996), Terra Nostra (2000) e mais recentemente Meu pedacinho de Chão (2014) completou, "Não sou contra, não acho errado. O que acho é que quando eu tenho na mão 80 milhões assistindo minha novela, tenho que ter responsabilidade com as pessoas que estão me assistindo. Tenho que saber que tem muito pai que não quer que o filho veja, porque eles não sabem explicar, não sabem como colocar. Muita gente reclama disso para mim. O que não é justo é você transformar: só é normal o cara que é bicha, o que não é bicha não é normal. A mulher que é sapatona é perfeita, a que não é sapatona não é legal. É assim que estamos vivendo".
Na coletiva de imprensa da novela Meu Pedacinho de Chão em 27 de abril de 2014, Benedito disse que “Não escrevo cena de beijo gay. Tenho responsabilidade com o público que assiste novela. No interior, as pessoas não aprovam isso. Não estou dizendo que é certo ou errado, mas não é o tipo de coisa que eu concorde”, também ao Extra.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.