Record, SBT e Rede TV criam empresa para oferecer serviço para Netflix; Globo foi para concorrência

O SBT, Record TV e Rede TV criaram uma empresa, chamada de Simba, para oferecer cada uma delas os seus conteúdos, exceto filmes, exibidos na TV para a Netflix, segundo o colunista do UOL Ricardo Feltrin.

A intenção das emissoras é serem remuneradas pelo conteúdo produzido, o que não acontece com as operadoras de TV paga como NET, Sky e Claro TV, por exemplo. A intenção é que no Netflix essa remuneração realmente aconteça.

Ainda segundo o colunista as operadoras de TV por assinatura, perderão desde 2015 quase 1 milhão de assinantes, devido ao serviço de streaming, como Netflix.

Enquanto isso a Rede Globo fechou acordo com a Looke e disponibilizou 70 atrações do seu portfólio na concorrente da Netflix. Entre eles Os Trapalhões, TV Pirata e a série O Brado Retumbante. Na Look a pessoa pode assinar um pacote, como Netflix, ou alugar cada capítulo, assim como no Now, da NET.

O SBT já tem conteúdos na Netflix, como novelas mexicanas e chaves, por exemplo. A Record Tv coloca em seu site a programação de todo seu conteúdo, assim como as demais emissoras, enquanto a Globo tem sua própria plataforma de streaming, mas com o conteúdo de programação recente, além da exibição de sua programação em tempo real.
Tecnologia do Blogger.