Miriam Leitão diz ter sido agredida verbalmente em vôo; advogado a desmente

Um vídeo que teria sido gravado no dia que a jornalista e comentarista da TV Globo, Miriam Leitão, teria sido agredida verbalmente em um avião da Avianca, foi publicado no Facebook pelo advogado Rodrigo Montego, que também estava à bordo.

O advogado sustenta a versão de que a Leitão não foi agredida verbalmente, mas sim um coro 'denunciando' que a rede Globo apoiou a ditadura, ato que foi assumido pela emissora anos atrás, no site Memória Globo.



Assim como Mondego, Lucia Capanema, professor de urbanismo da UFF, também desmentiu a jornalista. Ambos deram entrevista sobre o assunto ao site Revista Fórum.

ACUSAÇÃO

Na coluna desta terça-feira (13) Miriam Leitão se disse agredida verbalmente em um vôo entre Brasília e Rio de Janeiro em 3 de junho. A coluna tem o título de "O ódio a bordo" e ela diz que "foram duas horas de gritos, xingamentos, palavras de ordem contra mim e contra a Tv Globo" e que teria sido interpelada pela Polícia Federal a mudar de lugar. Leia AQUI.

E Miriam Leitão foi durante todo o dia um dos assuntos mais comentados do dia no Twitter, neste momento está em primeiro lugar.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.