Prefeitura de SP cancela rodízio e anuncia frota de ônibus menor nesta quinta (24); importantes aeroportos podem parar amanhã - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

Prefeitura de SP cancela rodízio e anuncia frota de ônibus menor nesta quinta (24); importantes aeroportos podem parar amanhã

Prefeitura de SP cancela rodízio e anuncia frota de ônibus menor nesta quinta (24); importantes aeroportos podem parar amanhã

Share This
A Greve dos Caminhoneiros vai afetar parcialmente o trânsito da cidade de Sâo Paulo nesta quinta-feira (24), a Prefeitura da Cidade de São Paulo anunciou que o rodízio municipal está suspenso e que a frota de ônibus será menor.

A Prefeitura garante que a frota dos caminhões que coletam de lixo não foi prejudicada por enquanto e que "lamenta os transtornos causados à população e ressalta que nenhuma manifestação, por mais justa que seja, pode afetar o direito de ir e vir das pessoas".

Zona Norte
Norte Buss (atende Cachoeirinha/Pirituba/Perus/Morro Doce)

Zona Leste
(atendem São Miguel Pta/Cidade AE Carvalho/Ponte Rasa/Cidade Patriarca/Guaianases)
Qualibus
Transunião
Express
Pêssego
Via Sul
Imperial

Zona Sul 
(atendem Varginha/Grajau/Parelheiros)
A2
Gatusa
Transkuba
Transwolff

Zona Oeste
(Atende Morumbi/Butantã)
Alfa Rodobus

AVIAÇÃO

A Infraero anunciou que cinco grandes e importantes aeroportos dos país possuem combustível apenas até esta quarta (23), são eles: Congonhas, em São Paulo, e os de Recife, Palmas, Maceió e Aracaju. O Santos Dumont (RJ) tem combustível para mais dois dias.

REMÉDIOS, CARGA VIVA E PRODUTOS PERCEÍVEIS

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros - Abcam informou que manterá somente até sexta (25) a liberação dos transportes de remédios, carga viva e produtos perecíveis, segundo o portal de notícias G1. Se não houver acordo haverá "paralisação total".

PROTESTO

Os caminhoneiros têm feito protesto ao longo de todo o país contra o aumento no preço dos combustíveis, os protestos. "É imprescindível uma política de isenção dos impostos incidentes no oléo diesel e o controle dos aumentos do combustível", diz em nota a Abcam.

REAJUSTE

Segundo reportagem do G1, os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e de Minas e Energia, Moreira Franco, a política de reasjute de preços não será alterada. Em Maio de 2018, foram 5 altas no preço do litro do diesel e 10 altas no litro da gasolina.

A Petrobras anunciou uma redução de 10% no preço das refinarias, e que a medida deve valer por 15 dias e isso representa R$ 0,26 no litro.

REDES SOCIAIS

Enquanto o Brasil para em mais uma grande greve o Governo federal lançou a campanha no Twitter "#Avançamos - o Brasil saiu da recessão. #Avançamos é a hashtag do caminho certo" e virou piada nas redes sociais. A TAG #GrevedosCaminhoneiros é a segunda mais comentada no Twitter em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Campinas.

Pages