Globo mantém final de "Celebridade" e prova descaso com reprise - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

Globo mantém final de "Celebridade" e prova descaso com reprise

Globo mantém final de "Celebridade" e prova descaso com reprise

Share This

O final da novela "Celebridade" foi exibido na tarde desta sexta (8) na Globo e manteve a assassina original, Laura Prudente da Costa (Claudia Abreu) e mostrou como o descaso com a reprise prejudicou a audiência da novela. A trama que teve vários desfechos gravados na época de sua exibição original. Manter o final da novela foi mais uma demonstração de como a Globo tratou a reprise como um grande descaso. Para dramaturgo mineiro Wesley Vieira, crítico ferrenho aos cortes que a novela "Bebê a Bordo", de Carlos Lombardi, tem sofrido na reprise no Canal Viva, a reprise de de "Celebridade" merecia mais respeito. "A reprise de 'Celebridade' não merecia tamanho desprezo por parte da Globo. A divulgação antes da estreia, que ocorreu no final do ano, foi ínfima e durante a sua exibição não menos pior".

O desfecho da novela foi antecipado para antes do início da Copa da Rússia, que começa na próxima semana e teve diversos capítulos cancelados, para a exibição de jogos de futebol. Dos 221 capítulos originais, 96 foram limados na edição, prejudicando não apenas o sentido do enredo, mas também a audiência. Com médias bem variadas e nada empolgantes, a trama chegou a marcar 9 pontos. Na semana passada bateu recorde registrando 18 pontos, em pleno feriado prolongado, quando o frio e também a greve dos caminhoneiros, que prendeu as pessoas em casa, assim ajudou a audiência da trama.

Considerada um dos maiores clássicos da teledramaturgia brasileira, a trama pode ser considerada o último grande sucesso, de público e crítica, do novelista, e não merecia os cortes sendo motivo de críticas de diversos telespectadores e jornalistas. "A obra do Gilberto Braga é um biscoito fino que merecia mais respeito pela emissora, levando em consideração que, apesar dos números de audiência terem caído, não eram nada dramáticos se comparados à outras novelas já exibidas na faixa", disse Wesley Vieira para GERALDOPOST com exclusividade.

Wesley é jornalista, e seu trabalho de conclusão de curso é justamente uma análise sobre a "Ética e a honestidade no Brasil através da novela 'Vale Tudo'", outra obra de Gilberto Braga que está prestes a voltar no Canal Viva. "Após os cortes em 'Bebê a Bordo', confesso que perdi o interesse no Viva. Só verei 'Vale Tudo' por se tratar de uma das melhores novelas da Globo e, também, por ter sido tema de minha monografia do curso de jornalismo", conta o jornalista.

BUSCAS

Em abril, após a morte de Lineu ser exibida, o Google anunciou que o termo "Quem matou Lineu?" teve um aumento considerável entre 09 e 10. Em 2004, o Google teve um aumento de 32% sobre o assunto, enquanto em 2018 teve um aumento de 68%, a empresa diz ainda que o recorte para as duas análises foram diferentes, porém, mostra o quão a repercussão em torno de uma trama de mistério ainda empolga as pessoas.

A reprise da novela foi extremamente criticada ao longo dos últimos meses, pelo excesso de cortes na edição do Vale a Pena Ver de Novo, foram dois meses de novela jogados no lixo e o pior, da maneira mais desrespeitosa com o telespectador, já que o excesso de cortes tirou todo o sentido da trama. Em contato com a assessoria de imprensa da Globo em maio, GERALDOPOST questionou sobre a mudança do desfecho, mas não teve obteve resposta, nem que sim e nem que não, mas foi questionado: "Não entendi a pergunta.  Você quer saber se o desfecho da trama será alterado?", questionou a assessoria.

Sim, era o que queríamos saber. O grande mistério da novela envolvia a morte de dois personagens, além de Lineu, Queiroz (Otávio Müller), também foi assassinado por Laura, que teve descoberta as suas falcatruas.

FINAL


A assassina da novela foi mantida, diferentemente da novela "A Próxima Vítima" (1996), reprisada em 2000. Na época, já nas chamadas, a Globo anunciava "E se você pensa que já sabe o final, Vale a Pena Ver De Novo" e o final foi de fato alterado. Na exibição original o assassino do carro preto foi Adalberto (Cecil Thiré) e na versão do "Vale a Pena..." foi Ulisses (Otávio Augusto), que morreu durante a novela, mas na 'versão reprise' tudo não passou de um golpe, Ulisses matou todos os personagens com a ajuda de Bruno (Alexandre Borges).

No ar desde segunda (4) a novela "Belíssima" (2005) assume o horário nesta segunda-feira (11) no Vale A Pena Ver De Novo e em determinado momento da trama, o autor usa de táticas infalíveis para garantir a atenção do público e da imprensa, com um grande mistério em cena. Basta saber se a identidade de crimes e falcatruas na novela será mantida - saiba quem é aqui.

NAS REDES SOCIAIS

No Twitter alguns usuários comentaram o final da novela. O carioca @JefLimac, postou a foto de uma notícia de um jornal da época, mostrando a manchete sobre a novela: "Além de cachorra, assassina".


O tuiteiro, Marcio Adison, postou um elogio à direção da novela, falando do plano final em que Laura e Marcos (Marcio Garcia) apareciam mortos:


A jornalista Patrícia Kogut deu duas vezes "Nota Zero" para a reprise da novela, por causa dos "cortes" e "mutilações" que a novela sofreu ao longos dos seis meses de exibição.




ESPERANÇA...

Alguns perfis no Twitter tem apostado na reprise no Canal Viva, para que possam assistir a trama completa. Mas é um ilusão, afinal, o canal pago também está fazendo cortes nas reprises, ou na reprise. Pelo menos, "Bebê a Bordo", tem sofrido com os cortes nos dois horários de exibição: 15h30 e 0h30, a emissora tem apresentado o capítulo original apenas no Viva Play.





...DE TRAMA COMPLETA

Vieira, comentou ainda a esperança de alguns noveleiros no Twitter de ver a reprise na íntegra no Canal Viva. "Com os cortes da excelente 'Bebê a Bordo', o desrespeito foi ainda maior, visto que o canal Viva sempre exibiu obras sem qualquer edição. Acredito que há uma tentativa de auto boicote da nova direção do canal e apesar de falarem que os números de audiência caíram (o que já causa estranhamento, pois o Viva é um canal fechado e não deveria utilizar lógica de TV aberta), acho que há outros motivos escondidos para esta prática absurda. Logo, não tenho nem esperanças de ver 'Celebridade' na íntegra daqui uns 20 anos neste canal."

Pages