About Me

HOMOFOBIA: "É uma situação constrangedora. Alertei apenas" disse o dono da padaria do caso Tammy

A filha da cantora Gretchen diz que foi discriminada em uma padaria na Aclimação, mas o gerente nega
O desentendimento entre Thammy Gretchen, 29 anos, e o gerente de uma padaria na Aclimação na quarta-feira (9) desenrola com ares de homofobia. A filha de Gretchen estava com a namorada na padaria e, segundo ela, após beijar sua namorada foram agredidas verbalmente por um garçom. Ela pediu para chamar o gerente que defendeu a posição do funcionário. O caso foi divulgado pelo jornal Diário de S. Paulo na quarta-feira (16) e ainda neste mesmo dia o amigo de Thammy, Julinho do Carmo, disse que ela pedia R$ 2 milhões de indenização.
Em entrevista ao portal UOL nesta sexta-feira (18), Thammy disse que não pedirá um valor estipulado, "Minha moral não tem valor. Quem deve estipular isso é o juiz" disse ela segundo a reportagem. Thammy disse também que têm mais que a obrigação de brigar por isso "Não só por mim, mas pela quantidade de gays que eu represento”. Ainda segundo a reportagem o gerente disse que explicou a Thammy que "o local é frequentado por muitas crianças e idosos. 'Foi o que expliquei para ela: é uma situação constrangedora. Alertei apenas'", que foi identificado apenas como Donizete.

Postar um comentário

0 Comentários