About Me

OPINIÃO: 'Acqua Play' apresenta uma festa deliciosa

A previsão do tempo não cooperou para uma festa impecável, mas deixou a festa ainda mais temática, água foi o que não faltou
A CONVITE DO CLUB
"Mesmo com toda lama, a gente vai levando..." este poderia ser o tema da festa, mesmo com um tempo fechado e início morno, devido ao desempenho razoável dos djs, a festa foi deliciosa. Quando cheguei Vlad estava entregando o posto para Morais e este fez um som nada animador. Mas o melhor era mesmo o clima de 'festa de amigos'  que estava extremamente visível. Em um set razoável Morais fez uma seleção grande de Rihanna, brinquei perguntando se a cantora havia morrido, pois parecia uma homenagem. O público, já maior, vibrou com I Wanna Go de Britney Spears e só. Decepcionante.
André Almada e o modelo que protagonizou a campanha publicitária da festa, estavam 'no palco', distribuindo sorrisos e tchauzinhos. A chuva estava fraca e com o anoitecer ela foi se intensificando, mas nada que tirasse o ânimo da galera que vibrava a cada grande hit, a repetição de músicas variava entre o estranho e compreensível, afinal, haja música para comportar ao grande número de horas de Britney, Rihanna, Adele, Kate Perry e outras mais.
Todos os funcionários estavam devidamente bem informados, treinamento foi o que não faltou para o staff e o grande público de cerca de 7 mil pessoas que se divertiu e pegou chuva agradece, não fizeram mais que a obrigação para um atendimento impecável. Desde o momento que chegamos na Barra Funda, para pegar o ônibus, com exceção a mocinha que vendia doces (no bom sentido) na entrada da festa, quando pedimos um armário seu ar de pouco caso era lamentável. Mas foi um problema pontual.
Pequenos percalços como a falta de cobertura na 'pista principal' era de desanimar qualquer um, mas compreensível, afinal, tiraria a visão do anexo logo atrás. O dj Abel fez um set delicioso, não errou a mão. Fogos de artifício anunciou a chegada da cantora da festa, Rebeka Brown que cantou a primeira música ainda ao som das bombas, levantou a galera que dominou a frente do palco, a chuva já não dava o ar da graça.
'No ano passado estava frio, chegou a fazer 15 graus' disse Fefo Brumati comemorando a ausência do frio. Júlio de Sorocaba (que beijo Kate Perry no Rock In Rio) distribuía sorrisos e André Almada ouvia reclamações e não gostava 'Para de reclamar' disse ele para um amigo meu.
A concorrência deve ter batido muito tambor para transformar o Acqua Play da The Week em um fiasco, mas foi tudo em vão. Mesmo com a pista principal descoberta e depois de muito tempo terem lembrado que as caixas de som do principal anexo da pista funcionava, a festa foi ficando deliciosa. O país inteiro estava ali, gaúchos, mineiros, cariocas, paulistas e paulistanos dançavam ao som de ótima qualidade, além de alguns estrangeiros. Tudo pensado e cobrado milimetricamente dava o tom da festa, nada daquilo era brincadeira, nada era mais barato que R$ 6 e tudo múltiplo de R$3, até o chiclete era abusivamente caro, mas tudo ali era para dar o tom da festa: 'não é qualquer um que consegue se divertir em um ambiente desse' disse meu amigo rindo. Em determinado momento a fila para comprar o 'Almadeca*' estava gigantesca, mas nada fora do comum, assim como os banheiros que deram conta do recado direitinho, apesar do odor nada simpático, mas culpa dos porquinhos que 'mijam fora da bacia'. A falta de espelho era visivelmente triste aos vaidosos, no espaço para troca de roupas, que virou um ponto de fazer amigos. Muitas risadas e muita simpatia dominava o local. Era tudo muito freedom.
Saí depois de 14 horas de festa, cansado e satisfetito. Foi sem sombras de dúvidas uma festa deliciosa.

*atualizada às 9h51 de 17/11

Postar um comentário

0 Comentários