About Me

POLÊMICA: "É melhor ter fama de pegador que de viado..." disse Aguinaldo Silva em defesa à Caio Castro

O ator que é um dos protagonistas de Fina Estampa deu uma declaração polêmica à revista Quem, que gerou vários protestos na internet
Celso Akin
"Não acho que sou pegador. Mas vou te falar uma parada também, se você não tem fama de pegador e é solteiro, fica com fama de veado. Então, antes pegador que veado, né?" foi esta frase, reproduzida do portal de notícias F5, que gerou uma tremenda polêmica envolvendo o ator Caio Castro, o Antenor de Fina Estampa. Ontem durante uma transmissão ao vivo pelo Twitter o ator se defendeu: "Muitas vezes não é posto o que a gente realmente fala, sempre sai coisa errada e muitas vezes pode acabar nos prejudicando" disse Caio, que completou "Ficou maldosa. Ficou uma sensação de preconceito ao público gay [...] qualquer tipo de preconceito é um atraso", ainda segundo o F5.
REPERCUSSÃO
O autor da novela Aguinaldo Silva, defendeu o ator também via Twitter "Quando a baixa mídia resolve "derrubar" um galã, lança logo suspeitas sobre sua sexualidade [...] Ou seja, Caio Castro está certíssimo: ser galinha pode. Agora, se alguém cismar que o coitado do galã de tevê é gay... Ele está perdido! Por isso concordo com Caio Castro: prum (sic) galã de tevê, é melhor ter fama de pegador que de viado... Ou ele não arranja mais trabalho."
OPINIÃO
O ator tem todo o direito de não querer ser gay, de achar que ser gay possa denegrir sua imagem. Assim como qualquer outro cidadão, ele está dentro do seu direito de ir e vir. O problema disso é dar este tipo de declaração para essas revista de celebridades que vendem notícias como essa, sensacionalista, como água. Lembram daquele seriado A Vida Alheia de Miguel Falabella? Pois então, é maior prova, entre eles mesmo celebridades do quanto que essas revistas buscam vender desesperadamente.
Não quero de forma alguma defender a declaração de Castro, que foi extremamente infeliz. Espero que com isso ele aprenda a lidar melhor com a fama, Castro é um ator que vem ganhando destaque nos últimos anos e super elogiado, apesar de vários escorregões nesta trama atual, mas é um ótimo ator. Ao contrário d emuito outros, não é apenas um rostinho bonito, galãzinho que entra e sai de cena sem consgeuir passar veracidade. Castro é mais que isso.
Mas está no tempo de errar e aprender com estes erros que não é assim que se faz uma carreira consolidada, pois assim como disse o autor da novela, que sai em sua defesa como acima reproduzido, Castro precisa tomar cuidado que a imprensa marrom está cada vez mais abrangente, cada vez maispodre em busca deste tipo de declaração, dita erroneamente para vender seu peixe.
Ser viado é complicado sim, seja dentro e fora da televisão, se hoje ele declarasse que é gay - como alguns sensacionalistas tentam pregar com fotos de uma tal festa -, duvido que na próxima novela seria um galã como na atual. Por que no final das contras, ser gay no Brasil, para toda uma sociedade, é um declínio de moralidade humana, seja seja sociedade composta por heterossexual ou homossexuais.
Quer criatura mais preconceituosa do que os próprios gays com seus 'iguais' afeminados, negros, magros, gordos e pobres? Não há. Que Castro aprenda que a série de Falabella foi muito mais branda do que a realidade nas redações do shownarlismo e o fato é que: nem veado gosta de ser chamado de veado.

Postar um comentário

0 Comentários