About Me

HOMOFOBIA: Professor é enterrado vivo no Pará

Um professor homossexual foi enterrado vivo por dois homens, um deles mantinha um relacionamento com a vítima
Jefferson Melo, 21 anos, e Thaisson de Sousa, 23 anos, estão preso por roubarem, espancarem e enterrar o professor Anízio Uchoa, 50 anos, na aproximidade da cidade de Altamira, no oeste do Pará (900 km da capital), Uchôa foi espancado e enterrado vivo em uma vala na beira da estrada, mas sobreviveu, segundo reportagem da Folha.com.
Para a Associação da Parada do Orgulho LGBT Transamazônica e Xingu o crime tem relação com homofobia, e preparam uma manifestação na próxima quinta-feira dia 16, o crime foi ocorrido na última sexta (10). "O rosto dele está irreconhecível por causa das pauladas" disse o presidente da Associação à reportagem da Folha.

Postar um comentário

0 Comentários