About Me

ABSURDO: Trabalhadores em estado de escravidão em São Paulo

Pedreiros e serventes vivem em estado de escravidão em uma alojamento de obra para ampliar  Hospital Oswaldo Cruz
Beliche improvisada (MTE)
Segundo reportagem da Agência de Notícias repórter Brasil, cerca de 11 trabalhadores viviam em situação análogas à escravidão em alojamento na zona leste de São Paulo, a situação foi descoberta devida à uma denúncia de uns dos trabalhadores, ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que dividiam um quarto com campas improvisadas e inseguras, dividiam dois copos para beberam água e usavam espuma de colchão como papel higiênico, entre outras barbaridades.
Segundo a empreiteira responsável pela obra, a Racional, os funcionários eram terceirizados e desconheciam a situação, a empresa responsável pelo grupo é a Genecy, segundo reportagem.
O grupo foi aliciado no Maranhão e vieram para São Paulo em um ônibus clandestino, aqui tinham 'liberdade restringida e chagavam em São Paulo com dívidas contraídas pela compra das passagens', informa reportagem de Bianca Pyl, que pode ser lida na íntegra AQUI.

Postar um comentário

0 Comentários