About Me

TOME NOTA: "Se a comunidade (LGBT) me apoiar eu serei 'a voz' dentro da Câmara" Valtinho Fragoso sobre sua pré-candidatura a vereador em SP

LGBT
Pré-candidato  vereador de São Paulo pelo PTB o produtor, DJ e apresentador de um programa de rádio Valtinho Fragoso deu uma entrevista ao site Mix Brasil, portal de notícias destinado ao público LGBT. Questionado se LGBT vota em LGBT ele foi categórico: "Sabemos que tem preconceito - eu quero o voto de quem acredita em mim. Se a comunidade me apoiar eu serei “a voz” dentro da Câmara. Se a comunidade não me apoiar, eu farei o meu trabalho do mesmo jeito", a entrevista completa você pode ler AQUI.

CULTURA
A Band pisou no freio para o lançamento do canal de cultura Arte 1, que pretende lançar ainda este ano. Segundo a colunista Keila Jimenez da Outro Canal, na Folha. A estagnação é devida a 'lei da TV paga' que está sendo formulada e para ser regulamentada. "Pisamos no feio para esperar a nova lei" informou à coluna o diretor artístico do canal Rogério Gallo.

CULTURA ?
A emissora que está de volta a ser destaque em audiência com o programa Pânico na Band, o único a ter dois dígitos de audiência, dá destaque também ao 'espreme que sai polêmica' Muito Mais de Adriana Galisteu, que entre outras coisas apela para o mais baixo nível de convidados em busca de audiência no custe o que custar. Este 'projeto' de canal é no mínimo sem sentido, mas...

NOTA DEZ
Para o quadro "Acidente domésticos" de Drauzilo Varella no Fantástico ontem (22), a emissora que peca a cada ano com quadros chatos na sua 'revista eletrônica' sempre volta às suas origens (leia isso como elogio) com este tipo de quadro, apesar de ser um tema até meio batido, mas sempre pautado, a excelência da vez vêm pela argumentação e presença de Varella faz toda diferença, a estreia foi de grandes e necessárias informações.

NOTA DOIS
Para o Fantástico também, que não mostrou o nome da empresa que mandou o professor de logística Aílton Cardoso embora após ele aparecer em uma reportagem sobre 'curso de drag queen' exibida pelo mesmo programa há duas semanas. Sem o menor sentido burlar este tipo de informação, ou passa a informação completa, dando nome 'aos bois' - já que Aílton foi exaustivamente exibido nas duas reportagens - mostrar a empresa não seria nada anormal.

NOTA ZERO
Para o Pânico na Band que na busca insana de audiência faz mistério do nada para nada, impressionante quanto a sociedade brasileira tem dado destaque para este tipo de porcaria, ontem por exemplo o programa investiu na respagem da cabeça de sua Paniquet que raspou a cabeça ao vivo em rede nacional, por que e para que ela foi submetida a isso? A Band que quer investir em um canal cultural, peca na baixaria sem limites. Mil vezes zero.

NÚMEROS

15 pontos de picos deu Pânico na Band ontem, no final do programa, com a história da Paniquet Babi que iria raspar a cabeça.

20 pontos foi o pico do Fantástico ontem, devido ao frio que deve ter segurado muita gente em casa. O programa não registrava números tão altos há meses.

11,1 pontos de audiência marcou a novela Máscaras de Lauro César Muniz da Record, na estreia.

9 pontos marcou a semana semana de exibição da mesma novela Máscaras, normal é o luto de sua antecessora que pega qualquer novela neste período de adaptação.

34 pontos de média fechou Avenida Brasil em sua primeira semana, na segunda foram 35 e na terceira 37 pontos de audiência, segundo a colunista Patrícia Kogut d'O Globo.

Postar um comentário

0 Comentários