About Me

HOMOFOBIA: "Moscou não é Sodoma" gritavam nacionalistas contra gays na Rússia


Sergei Karpukhin/Reuters

Um confronto entre ativistas gays e nacionalistas ortodoxos russos causaram grande confronto na frente da Duma (Câmara baixa do Parlamento russo) na manhã deste domingo, vários manifestantes foram detidos.
As prisões ocorreram no confronto entre os ativistas, os nascionalistas gritravam "Moscou não é Sodoma", segundo reportagem da Folha.
Um dos líderes da comunidade gay russa Nikolai Alexeye (foto) - que convocou o protesto que acontece desde 2006 e não  são autorizados - foi preso, os protestos ocorrem sempre no mês de maio para protestar contra discriminação.
A Rússia e a Moldávia, são os países europeus que menos respeitam direitos de homossexuais. Veja mais fotos AQUI.
Segundo reportagem do G1 o protesto é uma Parada Gay.

Postar um comentário

0 Comentários