About Me

Xuxa e a incoerência de qualquer ser humano

Xuxa Meneghel não é há anos nenhum fenômeno de audiência e popularidade, os baixinhos que décadas atrás a consagraram com recordes e recordes de vendas, são hoje adultos inflados na hipocrisia, que estão mais preocupados em fazer um sem fim de julgamentos, principalmente nas redes sociais que são hoje as plataformas de mais diferentes bobagens e modismos.
Ontem, no quadro "O que vi da vida" Xuxa fez uma série de revelações, nenhuma bombástica e todas elas parecem que ensaiadas à exaustão para se fazer aparecer, da incoerência de ser abusada na infância e depois fazer um filme no qual 'se esfrega' em um adolescente, ao pedido de casamento de Michael Jackson, este por sinal, polêmica mesmo após de morto, onde qualquer um que passou ao seu lado tem um 'bapho' para contar.
Xuxa talvez caiu em uma armadilha composta por ela e pela rede que a criou como rainha dos baixinhos, hoje ainda ostenta este título mesmo não falando mais diretamente a este público cada vez mais posta em segundo plano pelas redes comerciais.
Xuxa é um fenômeno, hoje de críticas e mídia, continua sendo manchete em qualquer coisa em que faz, acabou transformando a filha em uma 'princesa dos baixinhos' mesmo quando isso não era mais o conveniente, com "O que vi da vida" acabou virando chacota e motivo de inúmeras piadas, paga até hoje pelos pecados cometidos como qualquer outro mortal, é vítima de um sem fim de babacas e mostra de uma vez por todas, que por traz da 'monarquia' promovida pela Rede Globo, é uma mortal repleta de defeitos.

Postar um comentário

0 Comentários