About Me

'Lobby gay' veta proposta na Câmara que 'proibia' Parada Gay na Paulista, afirma vereador

Fernando Moraes
O projeto de Lei que restringia uso de vias públicas para manifestações e festas em São Paulo foi vetado pela Comissão de Justiça da Câmara de SP, entre os vetos estava a realização da Parada do Orgulho LGBT na Avenida Paulista, segundo a colunista da Folha de S. Paulo, Mônica Bergamo.
Carlos Apolinário (foto) autor da proposta que culpa o 'lobby gay' na Câmara pelo veto disse que vai recorrer e se for novamente vetado vai reapresentar a 'proposta'.
Apolinário é vereador pelo DEM e, ainda segundo a colunista, ele não tentará a releição este ano. O vereador é inimigo público da comunidade LGBT no país, em agosto do ano passado propôs à Câmara Municipal de São Paulo,  aprovação de um projeto do Dia do Orgulho Heterossexual, causando polêmica no país. Na época declarou à revista Veja que "Vivemos em uma ditadura gay".

Postar um comentário

0 Comentários