About Me

Transexuais são chamados pelos nomes sociais em faculdades de SP

As faculdades Unip (Campinas), SENAC (Santo Amaro) e Centro Clarentiano (Batatais) aceitaram chamar alunos pelos nomes sociais, após uma intervenção feito pela Defensoria de SP, segundo a coilunista Mônica Bergamo, da Folha.
"Dois deles nasceram mulheres e pediram para ser chamados pelos nomes masculinos que adotaram -um deles, na formatura. No terceiro caso, um jovem adotou a identidade feminina" informa a colunista.

Postar um comentário

0 Comentários