About Me

IBOPE: Russomano lidera, Serra e Haddad tecnicamente empatados

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (31) mostra os candidatos José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) empatados em segundo lugar na preferência do eleitorado paulistano. Celso Russomano (PRB) permanece na liderança com 31% das intenções de votos.
O empate entre Serra e Haddad é pela margem de erro, Serra aparece com 20% e Haddad 16%, a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A diferença entre Serra e Haddad, na pesquisa do Instituto Datafolha divulgada na quarta (29) era de 10%. Gabriel Chalita (PMDB) tem 5%, Soninha Francine (PPS) 4% e Paulinho da Força (1%).
CRESCIMENTOFernando Haddad exposto ao lado de Lula na propaganda eleitoral obrigatória, que começou dia 21 mostra que a tática dos petista está dando certo, ele pulou de 9% das intenções de votos para 16%.
Serra encontrou justamente o oposto, sua queda de 26% para 20% deve-se justamente a sua presença constante aos lado de Gilberto Kassasb, atual prefeito da cidade que tem um índice de rejeição alto. Serra ainda tenta colar sua imagem na do governador tucano Geraldo Alckmin (que nas eleições em 2007) teve desempenho pífio.
SEGUNDO TURNO
A pesquisa Ibope ainda fez uma simulação de segundo turno entre os dois primeiros colocados, Russomano venceria Serra por 51% contra 27%. Equivocadamente (já que Serra e Haddad estão empatados) Haddad não entrou na amostragem da pesquisa.
O Ibope ouviu 1.001 pessoas entre 28 e 30 de agosto e a pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo.
MARTAXA
A ex-prefeita da cidade de São Paulo Marta Suplicy anunciou nesta semana que apoiará o candidato petista, até então ela estava evitando aparecer em eventos do partido 'contrariando' a vontade dos líderes.
A cada evento ela dava uma desculpa e não aparecia, na segunda-feira (27) após um almoço com Lula em nota pública ela disse "Sempre disse que quando começasse a campanha de fato e se eu soubesse que faria a diferença, eu entraria".
Estima-se que com a entrada da ex-prefeita Haddad ganhe mais força, mas as coisas bem se sabe não são bem assim. Na época que Marta era prefeita Haddad era Secretário de Finanças e a taxa de lixo e luz na gestão Marta.
Marta ficou conhecida na época como Martaxa e acabou por perder a reeleição, para Serra. Serra dois anos depois saiu do cargo, quando Kassab assumiu para se candidatar à presidência da república, perdeu.
Kassab governou por dois anos e se reelegeu por mais quatro, hoje enfrenta o maior índice de rejeição de sua gestão.

Postar um comentário

0 Comentários