About Me

Malafaia chamada Haddad de 'sa-fa-do' e ataca gays

Em entrevista a colunista Mônica Bergamo e publicada na Folha deste domingo (20) Silas Malafaia disse que vai 'inaugurar' mil templos até 2020 e que está chegando a São Paulo "tenho pesquisa lugares. Não posso ter igreja para menos de 4.000 pessoas lá", mas diz que jamais moraria  na capital paulista "Deus me livre!."
Questionando sobre a reportagem da Folha que mostrou que José Serra - quem ele apoia nas eleições paulistas - distribuiu 'um material semelhante' ao 'kit anti homofobia' quando governador ele disse que não muda seu voto "Não é um grande orador, mas transmite sinceridade", quando à Fernando Haddad o chama de "sa-fa-do".
Mas as coisa mudam de figura quando a política é no Rio de Janeiro, diz que apoia o PT por que é impossível apoiar o governador Sérgio Cabral (PSMD) nas eleições de 2014 "leis trabalhistas que beneficiam homossexuais, monte de porcaria" e se opões à 'cultura de privilégio' disseminada 'pelos ativistas gays'.
Malafaia ainda foi questionado se um dois seus filhos fossem gays, ele disse que "amaria 100% e discordaria da prática 100%" e ainda criticou um editorial da Folha elogiando o 'kit gay' "Um cara faz um editorial elogiando o 'kit gay'. Ou é demente ou é petista mesmo, com vontade. Editorial ri-dí-cu-lo!"

Postar um comentário

0 Comentários