About Me

Eleição sindical paralisa parcialmente o transporte na capital

Ao menos 500 dos 1.300 linhas de ônibus na capital paulista estão paralisadas na manhã desta quarta (10) devido a uma manifestação originária da eleição que o sindicato dos transportes.
Os sindicalistas chegaram por volta das 8h da manhã nos terminais "Santo Amaro, Parque D. Pedro, Capelinha, Campo Limpo, Grajaú, Varginha, João Dias, Lapa, Cachoeirinha, Pirituba, Casa Verde, Vila Prudente, metrô Santana, Sacomã e Mercado, do Expresso Tiradentes" que segundo reportagem da Folha foram paralisados.
Segundo Edivaldo Santiago a paralisação nada tem a ver com a eleição que a classe passará hoje e amanhã (11) "O trabalhar tem de vir em primeiro lugar".
São 15 terminais - de um total de 29 - paralisados, em entrevista ao Estadão o Secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto disse que o ato é um "absurdo" e que a cidade vêm "sofrendo bastante com essas manifestações".