About Me

Taxista homofóbico é 'demitido' da 99taxis

O taxista da 99táxis que colocou um casal gay para fora de seu carro, após um deles deitar do ombro do companheiro, na semana passada, foi excluído da lista de prestadores de serviços da empresa. A denúncia foi realizada por um empresário à coluna Gente Boa, do jornal O Globo,
O casal gay tinha participado do Bloco Bunytos de Corpo, na Praça Tiradentes, no centro do Rio, e por volta das 2h da madrugada de 9 de fevereiro.
O casal resolveu pedir um táxi um app "99táxi" e foram atendidos, "Ele [o companheiro] estava com muito sono, deu uma encostada em mim, e eu o abracei. Aí, o taxista parou, virou-se para trás e disse: 'não aceito essas coisas no meu carro'", contou o empresário que pediu para não ser identificado.
O cliente disse que o companheiro estava cansado, mas o taxista contra-argumentou de que não concordava "com esse tipo de perversão" em seu carro e pediu para o casal sair do carro. O casal desceu do carro e pediu outro táxi e resolveu fazer a denúncia para a colunista d'O Globo.
Em nota oficial a 99táxis disse que “Somos a favor do bem, do respeito e do carinho com o próximo”.
GERALDOPOST.COM desembarcou no Rio de Janeiro no dia 11 de fevereiro, e ao aeroporto Congonhas mandou um tuíte para a @99taxis questionando o acontecido. A empresa disse que "já estamos tomando as devidas providências, nós da 99 somos a favor de todas as formas de expressão de amor <3 i="">compartilhando um GIF que sugere dois táxis do gênero masculino como namorados, com um coração ao alto - veja abaixo -, e que são "a favor do bem, do respeito e do carinho com o próximo. Não aceitamos esse tipo de atitude e os motoristas que não tiverem os mesmo valores deixarão de trabalhar conosco", e completou "Precisando, estamos aqui."





Postar um comentário

0 Comentários