"True Colors" de balada gospel à hino LGBT

Ivana aparece para o pai como Ivan: "Pai eu sou um menino"
"True Colors" é uma canção que ganhou as paradas musicais em 1986, alcançando o primeiros lugar na Billboard, foi a segunda canção de Lauper que conseguiu o feito nunca mais alcançado pela artista.

Composta por Billy Steinberg e Tom Kelly a primeira vez que Lauper a ouviu foi com o compositor apresentando em forma de pianop como uma balada gospel que logo trocada para agradar a artista.

LEIA TAMBÉM

"True Colors" é a segunda faixa do disco "LP Single", dentro do gênero pop e new wave e foi indicada no "MTV Video Music Award" como Melhor Clipe Feminino, no "Grammy Award" como Melhor Performance Vocal Pop Feminina.



Lauper foi uma das militantes LGBTs mais ativas do mundo na década de 1980 e 1990, a música se tornou um hino para a comunidade LGBT no mundo, Lauper fundou até uma fundação com o nome da música prol aos LGBTs.

Além de "True Colors", Steiberg e Kelly compuseram também "Like a Virgin", sucesso descomunal de um dos maiores ícones LGBTs do planeta: Madonna.

Antes de ser rememorada por Gloria Perez a música ganhou nova versão em 1998 na voz de Phil Collins, fez parte do musical "Rainha do Deserto" (assista abaixo) apareceu também uma performance de "Glee", na voz de Justin Tumberlake e Anna Kendrick entrou na trilha sonora de "Trolls".


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.