22 anos depois, capa da "Contigo!" mostra como imprensa inventa finais de novela - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

22 anos depois, capa da "Contigo!" mostra como imprensa inventa finais de novela

22 anos depois, capa da "Contigo!" mostra como imprensa inventa finais de novela

Share This
A novela "Explode Coração" chegou ao fim no Canal VIVA, a trama de Gloria Perez exibida originalmente em 1995-1996, ganhou reprise após 22 anos, e contava a história dos primórdios da internet no país, o drama de crianças desaparecidas e da cultura cigana. A capa da revista "Contigo!", datada de 23/4/1996, tinha como diretor o hoje novelista Walcyr Carrasco.

A manchete da novela dizia: "Dara e Igor juntos no final", além do outro destaque como "Julio de reconcilia com Vera", são duas manchetes 'mentirosas' ou 'tiros no escuro' que a revista deu na época, que na realidade não foi concretizada. Nenhuma das manchetes aconteceram no final da novela, Dara ficou com Júlio, e Vera (Maria Luisa Mendonça) encontrou um novo amor, em uma participação especial de Dennis Carvalho, diretor da novela.

Uma reportagem da Folha (29/4/1996) com o título "Autora quer manter suspense até o final", assinada por Gilberto de Abreu, falava que Gloria Perez estava seguindo os passos de Silvio de Abreu "deixando em aberto as cenas do desfecho dos protagonistas Igor (Richardo Macchi), Dara (Tereza Seiblitz) e Júlio Falcão (Edson Celulari)". No entanto outros destaques de capa da revista, mostram finais que realmente aconteceram, como bom final previsível de novela: Soraya (Laura Cardoso) e Mio (Ivan Albuquerque), Yone (Déborah Evellyn) e Edu (Cássio Gabus Mendes) e Ianca (Leandra Leal) e Wladmir (Felipe Folgosi).

O último capítulo da novela, que foi a primeira a ser gravada no Projac (hoje Estúdios Globo), teve cenas decisivas gravadas na quarta-feira, dois dias antes da exibição do último capítulo.

USUÁRIO DE INTERNET

Ainda na edição de 29/4/1996, o jornal convida "usuários da Internet", a opinarem sobre o final da novela "Explode Coração": sobre o final dos protagonistas, sobre a abordagem da internet na trama e classificando a novela como "ótima, boa, regular ou ruim".

A opinião dos leitores/telespectadores, deveriam ser por e-mail tvfolha@folha.com.br.

Na edição de 2/5/1996, dia de exibição do penúltimo capítulo, o jornal divulgou o resultado da "enquete"

Os leitores da Folha preferem que a cigana Dara (Tereza Seiblitz) termine a novela "Explode Coração" com Igor (Ricardo Macchi). Esse é o resultado da pesquisa realizada pelo TV Folha junto aos usuários da Internet durante dois dias (segunda e terça). O TV Folha recebeu 20 mensagens. Dez leitores disseram que Dara deve ficar com Igor, sete preferem que a cigana volte com Júlio Falcão (Edson Celulari), dois acham que ela não deve ficar com nenhum deles e um usuário se mostrou indeciso.

Os leitores ainda classificaram a novela:

Alguns leitores fizeram uma avaliação da novela de Glória Perez. Três classificaram "Explode Coração" como regular, dois como ótima, dois como ruim e um como boa.

Sobre a abordagem da internet:

Segundo o leitor Jorge de Jesus Serpa, o tratamento que a autora deu à Internet foi "medíocre". "A rede foi apresentada de maneira inverossímil. Ninguém se comunica pela Internet distante do computador, como Júlio e Dara fizeram: um estava no banheiro e o outro, na varanda."

Uma leitora elogio o merchandising social, sobre crianças desaparecidas:

A leitora Flávia Pires Barbosa Lima considera importante o espaço aberto na novela para o desaparecimento de crianças.

E é claro, uma bizarrice:

"Dara não deve ficar com Igor ou Júlio. Deve voltar à faculdade, enquanto os dois devem ter um caso homossexual com Sarita", disse o leitor Carlos Cury. 

PRIMÓRDIOS DA INTERNET

Nota-se que, na época poucos telespectadores "eram usuários" de internet, o jornal teve a resposta de apenas 33 leitores. A folha de S. Paulo

Pages