About Me

'O Clone' marcava 63 pontos com encontro entre Léo e Lucas e crise de abstinência de Mel, em 2002

Encontro de Lucas e Leo em 'O Clone' cena exibida em maio de 2002 (Reprodução/TV Globo)
Nesta semana em O Clone, de Glória Perez, vão ao ar as cenas do encontro entre Lucas e Léo (ambos interpretados Murilo Benício), em uma sequência à crise de abstinência de Mel (Débora Falabella), quando a personagem é internada à força em uma cínica de reabilitação.


Desde sábado (04), estão indo ao ar as cenas em que a atriz Cíntia Falabella, irmã de Débora, interpreta em alguns momentos a personagem Mel. na época, Débora contraiu meningite e teve de se afastar das gravações da novela. Cíntia 



Cíntia Falabella em 2002 substituindo a irmã
(Divulgação/TV Globo)
Na sequência, que foi ao ar em 1 de maio de 2002, a novela chegou a marcar 63 pontos de audiência, marcando média de 56 pontos de audiência.

"As cenas de maior impacto foram ao ar no último bloco da novela, entre 22h e 22h15. Em uma delas, Mel (Débora Falabella) teve uma crise de abstinência e foi internada em uma clínica de recuperação de drogados. Em seguida, Lucas (Murilo Benício) viu pelo espelho o reflexo de Leo. Nesses instantes, mais de 5 milhões de pessoas assistiam à novela só na Grande São Paulo", contava a reportagem do Agora de 2002.

Na época, o desenlace de tramas mesclando os desencontros de Jade (Giovanna Antonelli), Lucas e Léo (Murilo Benício), com as crises de abstinência de Mel bombava em audiência. Uma pesquisa na época, ainda segundo o jornal Agora, a "novela cumpre papel fundamental ao abordar o tema da droga".

Jayme Monjardim, diretor geral da novela, sabia do trunfo que tinha em mãos e 'chegou a dizer que faria a novela chegar aos 70 ponto'. "Talvez o encontro de Lucas e Jade com Leo ou os problemas que Mel enfrenta com as drogas dêem esse resultado", arriscou Giovanna Antonelli, na semana passada.


Postar um comentário

0 Comentários