Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Em 1994, 'A Viagem' teria influenciado suicídio de duas adolescentes em Portugal


A novela A Viagem causou polêmicas em Portugal, quando foi exibida em 1994, a trama de Ivani Ribeiro e Solange Castro Neves era exibida no horário nobre tendo como principal concorrente a trama Fera Ferida, de Aguinaldo Silva. A trama estreou em um momento complicado para Christiane Torloni, que acabara de volta da terrinha após desferir imensas críticas aos portugueses.



A trama foi acusada ainda de influenciar duas jovens a cometer suicídio. "Nos recados que deixaram, elas faziam alusão á novela, a uma vingança e à vida após a morte. 'Adeus, vou fazer uma viagem', através de um bilhete", relata a reportagem do jornal O Globo de dezembro de 1994. A diretora do estabelecimento disse na época que ambas assistiam à novela e que nos 15 dias que antecederam ao suicídio elas 'vinham falando em morte e despedir dos amigos' e que 'ambas assistiam à novela com frequência'.

Na época, a associação dos suicídio e à novela eram estampadas pelos jornais com destaque, as meninas viviam no orfanato desde criança. Segundo a Folha, os jornais portugueses estampavam manchetes acusando a novela de influenciar a morte destas garotas. "O vespertino 'A Capital', de ontem (29/11/1994), trazia os títulos 'A Viagem na gênese do suicídio de Leiria' e 'Telenovela pode ter servido de exemplo'". "Duplo suicídio sugere influência de telenovela", estampava a capa do jornal Público, o segundo maior jornal impresso do país.

Na época, em entrevista à Folha, a coautora da novela Solange Castro Neves, não acreditava na influência da novela sobre às jovens. "Suicídio é uma coisa muito triste, uma covardia. A novela não iria levar ninguém ao suicídio porque ela mostra o inferno como uma coisa horrorosa. Ficou bem claro o sofrimento e o desespero do Alexandre", afirmou.

E conta que, na trama, Alexandre Toledo (Guilherme Fontes) ao cometer suicídio dentro da cadeia ele passa a viver no vale dos suicidas o período que deveria ter permanecido vivo e que, ainda segundo Solange, na teoria espírita 'as pessoas que têm tendência ao suicídio já o cometeram em outras encarnações ou têm antepassados que o fizeram.'


CONFERÊNCIA

Por coincidência, Portugal ainda recebia um congresso sobre o tema de espiritismo. "Estávamos planejando o congressos havia dois anos, muito antes da novela. Mas 'A Viagem', foi um ótimo catalisador para a sua realização'", disse na época o presidente da federação, João Xavier de Almeida, que organizava o congresso.

Para ele a morte das garotas não teve influência da novela e que tudo preconceito. "A doutrina sempre esteve cercada de preconceito, durante o salazarismo, a federação foi dissolvida, o Estado se apoderou de seus bens e as reuniões eram clandestinas".

REPRISE DE SUCESSO




A novela A Viagem está em seus quinta exibição no país, na reestreia no Canal Viva na segunda (21) levou o canal à liderança na TV Paga, segundo a terceira maior audiência da faixa das 15h30 da história do canal. A novela é exibida em dois horários, às 15h e às 00h (um pouco antes ou depois deste horário depende da duração do capítulo das novelas que são exibidas antes, Sassaricando e Mulheres Apaixonadas, respectivamente).

A coautora, da novela, Solange Castro Neves vai responder perguntas do público aqui no GERALDOPOST.

Postar um comentário

0 Comentários