COPA 2014: Lula apoia meia entrada nos jogos, Fifa discorda

A discordância da Fifa sobre a cobrança de meia entrada em jogos na Copa 2014, é na verdade medo de perder dinheiro
Fernanda Calgaro/UOL
Em uma série de palestras, seminários e eventos nos Estados Unidos e Europa, o ex-presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva, defendeu a cobrança de meia-entrada nos jogos da Copa do Mundo de 2014, que será realizada aqui no Brasil.
Segundo reportagem do portal de notícias UOL, Lula disse “Acho muito difícil a Fifa ter discordância de um projeto de lei aprovado de forma soberana pelo Congresso Nacional, o projeto ainda será votado e ainda, segundo a reportagem, a Fifa teria recebido ‘mal o projeto’, pois teria forte impacto nas suas receitas. Lula pediu ao ministro do esporte Orlando Silva que agilize a votação.
OPINIÃO
Nada mais óbvio que a Fifa – uma empresa como outra qualquer em busca de rentabilidade – queira vetar a cobrança de meia entrada nos jogos esportivos aqui no Brasil. Essa será praticamente a primeira Copa do Mundo aqui no país do futebol, depois do boom que o país tem alcançado no exterior, com sua economia forte e promissora.
A Fifa nada mais quer que dinheiro, tem lá suas razões bem compreensíveis por sinal, mas o que o ex-presidente Lula quer mesmo é dar aos seus ‘companheiros e companheiras’ oportunidades incríveis de assistirem a jogos, com as maiores seleções do mundo, coisa que hoje em dia é praticamente inviável.
Mas existe um lado que pode afetar tudo isso, jogar o ingresso a valores extremamente caros, é ‘bem fácil’ e ‘comovente’ Lula bater de frente com estes poderosos e conseguir ‘o feito’ e chegar na hora os valores serem altos demais, o que tem ocorrido com shows internacionais no Brasil. É simplesmente remar contra a maré de forma suicida.
O que realmente precisa ser verificado é a real possibilidade deste evento ser realizado aqui no Brasil, com reformas e construções, de estádios, em atraso e a violência que assola grandes eventos como o Rock In Rio, por exemplo. O que parece realmente, é que o Brasil está entrando em uma barca furada e está prestes a passar recibo de incompetência.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.