É tudo culpa da Dilma; o fim de amizades 'verdadeiras'

Diariamente somos metralhados de postagens sobre Dilma Rousseff e PT, alguns a favor outros contra o partido dos bandidos ou do trabalhadores - dependendo do pontonde visto -, sempr em meio a um circo e círculo de infinitas informações, manipulações, expressões e burrices.
Não questiono se é a favor ou contra, se corrupto ou honesto, se coxinha ou petralha, eu questiono a mente do brasileiro. Alguns compartilhando posts absurdos, pela vontade da ditadura, por exemplo, sem este saber que a volta da ditadura significaria, sem exagero, até a morte de seu filho funkeiro. Outros que se rebaixam ao escracho e nos xingam por termos a opinião diferente da deles.
Um tempo atrás, no dia da jogo do Brasil, na abertura da Copa 2014, uma das minhas maiores amizades começaram se findar. De um lado o pró e do outro o contra Dilma e sua economia para pobres repletas de impostos para ricos. Tempos depois, outra amizade passou a esfriar quando uma amiga disse que 'sou chato no Facebook e por isso tinha me silenciado'. Depois foi a vez de desfazer a amizade com o filho de uma nordestina, que passou a dizer maiores absurdos contra os conterrâneos de sua mãe, quando Dilma venceu a eleição.
As amizades acima citadas, se eram sinceras eu não sei. Mas elas passaram a se desmanchar pelo simples fato de termos opiniões diferentes, eu era o menos culpado disso tudo. Passei a ser taxado de petista, mesmo sem eu ser filiado ao partido 'do Lula', do Chico e da Dilma.
As amizades se seguiram, o afastamento era cada vez mais nítido, isso sem falar nas mentiras ditas por uma delas que depois foram desmascaradas, e em nome da amizade passei por cima. Quando eu descobri a mentira, não era o momento certo para tirar 'satisfação', deixei para lá e enterrei.
As piadas infames e comentários tentavam me calar 'por se tratar de queima filme', corporativamente e quanto mais trntava me calar mais eu falava, tentar calar aquele que é contra qualquer censura é burrice, abri mão do círculo de amizade corporativa para ser eu mesmo. Ganhei, obviamente, o afastamento.
Outro dia, uma delas saiu do grupo do Whatsapp, onde conversavamos sobre tudo, mais asneiras e futilidades do que qualquer outra coisa (coisa normal em grupo do Whatsapp). A outra casou e não me convidou. Outra amizade passou a se fazer desnecessária e mais um vez apertei o botão 'desfazer amizade', outros mais eu silenciei no Facebook, para não ver suas postagens chulas ilustradas pelas suas celulites disfarçadas de Rainha da bateria de escola de samba.
Aí eu te pergunto, tudo isso para que? Ter opiniões divergentes são saudáveis, apesar da massa nunca saber diferenciar entre a informação é manipulação, aderindo mais para a segunda opção.
Uma lástima. Uma vergonha. Um desserviço. Um burrice nacional que estamos passando.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.