PSOL protocola pedido de impeachment de Michel Temer

Líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente, que protocolou pedido de impeachment de Temer (divulgação)
O PSOL protocolou nesta segunda-feira, dia 28, um pedido de impeachment do presidente Michel Temer por crime de responsabilidade com base nas denúncias feitas pelo ex-Ministro da Cultura Marcelo Calero.

O pedido foi realizado pelo líder do partido na Câmara, Ivan Valente (PSOL-SP) que espera "que a câmara abra o processo de impeachment. O presidente da Câmara [Rodrigo Maia] tem que levar esse caso a sério", afirmou segundo a Veja.

GRAVAÇÕES
Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, Calero disse que fez uma gravação de uma conversa com Michel Temer e que foi uma "conversa protocolar" e que foi orientado por "amigos da Polícia Federal" a fazer as gravações.

Calero disse ainda fez gravações com outros Ministros, mas não disse com quem, por haver um entendimento de que a divulgação pode atrapalhar as gravações.

CRISE
A crise no Governo Temer se deu após Marcelo Calero, então Ministro da Cultura, o último a ser empossado, já que o Ministério havia sido extinto, pedir demissão por se sentir pressionado pelo Ministro Geddel Vieira Lima, que renunciou na última sexita-feira, dia 25.

Geddel pressionou Calero a intervir a favor dele no Iphan a favor da construção de um empreendimento imobiliário milionário em uma região de prédios tombados em Salvador, na Bahia. Segundo Calero, houve uma conversa com Temer que prometeu reverter a situação, mas depois foi orientado pelo presidente a resolver o problema de Geddel.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.