Transexual será indeniza por ter ficha de alistamento militar divulgada na web

Ficha de alistamento militar que foi publicada na internet (Facebook)
A transexual Marianna Lively, de 19 anos, será indenizada em R$ 60 mil reais pela União, após ter a sua ficha de alistamento militar divulgada na internet em 2015. Lively que é estudante comemorou a decisão.

A foto da ficha de alistamento militar que constava dados pessoais como endereço e telefone foi divulgada na internet cerca de cinco horas após ter se apresentado no batalhão de alistamento em Quintaúna, em Osasco, na Grande São Paulo.

GERALDOPOST tentou contato com a jovem que até às 18h não respondeu a mensagem.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.