About Me

Globo anuncia que não renovará com Aguinaldo Silva

A Globo anunciou que não renovará contrato com Aguinaldo Silva, autor de sucessos absolutos de audiência como Roque Santeiro (1985), Vale Tudo (1988) e Tieta (1989). O último trabalho do autor foi O Sétimo Guardião e segundo nota da Globo, enviada à imprensa nesta quinta (2), não existe nenhum projeto para o autor nos próximos anos.

PUBLICIDADE


Silva foi o único autor de novelas da Globo que só escreveu tramas para às 21h - antiga novela das 20h

NOVELAS
Partido Alto (1984) com Gloria Perez
Roque Santeiro (1985) com Dias Gomes
O Outro (1987)
Vale Tudo (1988) com Gilberto Braga e Leonor Bassères
Tieta (1989) com Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares
Pedra sobre Pedra (1992) com Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares
Fera Ferida (1993)
A Indomada (1997)
Meu Bem Querer (1998), supervisão de texto
Suave Veneno (1999)
Porto dos Milagres (2001) com Ricardo Linhares
Senhora do Destino (2004)
Duas Caras (2007)
Laços de Sangue (2010) com Pedro Lopes, na SIC
Fina Estampa (2011)
Marido en Alquiler (2013) com Perla Farias, na Telemundo
Império (2014)
Boogie Oogie (2014) com Rui Vilhena
O Sétimo Guardião (2018) com Joana Jorge

SUCESSO

Com Roque Santeiro (1985), Silva escreveu quase que toda a novela, assumiu a novela no capítulo 51 e foi até o 163, quando Dias Gomes pediu para finalizar a trama. Em Tieta (1989), o autor teve pouco tempo para desenvolver a novela, tanto que Betty Faria, a protagonista e dona dos direitos dados por Jorge Amado, entrou na novela após quase um mês de novela no ar, para que ela tivesse tempo de descansar a imagem entre uma novela e outra.

Aguinaldo escreveu várias novelas com o realismo fantástico, dividiu tramas com Ana Maria Moreztshon e Ricardo Linhares na maioria das vezes, mas dividiu a autoria com Gilberto Braga, Leonor Bassères e Gloria Perez, esta última em sua estreia em novelas na Globo.

FRACASSO

Aguinaldo passou a ministrar aulas de roteiro em uma destas aulas foi realizada a sinopse de O Sétimo Guardião, a partir daí ao ter a novela aprovada para ir ao ar, ele foi processado por um dos alunos, que sozinho reivindicou seus direitos na justiça, depois foi seguido por outros colegas e criticado por outro mais.

A novela foi um desastre, trama mal elaborada, personagens bobos e nada cativantes, a novela tinha uma direção primorosa, mas que não combinada com o enredo proposto, a insatisfação foi geral. A Globo pediu mudanças, ele não fez as mudanças e a novela fracassou ainda mais. Os bastidores com separação de atores da vida real, barracos públicos e audiência baixa fizeram de O Sétimo Guardião um desastre.

BARRACOS

Em 2011, Aguinaldo Silva acusou publicamente Walcyr Carrasco de plágio, antes amigos, Silva teria contado o argumento de sua próxima novela a Carrasco, que colocou o mesmo argumento no ar e desencadeou uma grande polêmica. 

Nas redes sociais, Aguinaldo se gaba de ter a maior audiência na faixa das 20h nos anos 2000, com Senhora do Destino. Sua última postagem, ele deseja "Feliz ano novo para os 640 mil seguidores", mas tem na verdade 639.842, seguindo apenas quatro.

Postar um comentário

0 Comentários