OPINIÃO: "Retirada" de Rafinha Bastos pode ser um tiro pela culatra

Após se ver pressionada, a emissora do Morumbi resolveu 'retirar' Rafinha Bastos seus 'cacos' da lixeira, chamada CQC

Monica Iozzi, Marcelo Tas e Marco Luque no CQC de ontem,3. (reprodução)
Não vamos nos animar em pensar: "Ufa! Alguém calou a boca do 'engraçadinho'", calma, isso tudo pode ser na verdade uma outra jogada de marketing da emissora de quinta
Não é de hoje - nem de ontem - que Rafinha Bastos vem causando reboliços, irritações, antipatia e muita graça, muito além de seu humor - que nem é tanto assim - Bastos tem usado os termos mais chulos para chamar atenção, de nada dianta ser considerado a personalidade mais influente do Twitter pelo New York Times se na verdade o que ele mais faz é fazer piadas sem graça.
Hoje em dia, qualquer ser humano - talentoso ou não - vira celebridade, Rafinha foi alçado ao voo de celebridade ao lado dos colegas de bancada do CQC, da Band, na mesma proporção que a Globo lança seus Big Brothers, tanto lá como cá, tem seus lados positivos e negativos, mas que na maioria das vezes são usados mesmo para gerar mídia, se essa mídia é positiva ou não, isso não tem a menor importância.
Mas parece - preste bem a atenção na palavra "PARECE" - que a emissora resolveu dar um basta em toda essa bobagem, pelo menos em partes, após Rafinha dizer uma barbaridade contra a cantora Wanessa, a emissora se viu em um beco sem saída, na noite de ontem tirou Rafinha da bancada do CQC, fazendo mistério até o último segundo, a imprensa - com seus colunistas e comentaristas televisivos - diziam a todo momento o que aconteceu: a queda de Rafinha.
Uma coisa é verdade, Rafinha, pode dizer o que e sobre o que quiser, mas para ter tamanho topete, deve estar preparado para enfrentar os resultados disso. A Band, dentro de sua sabedoria de quinta colocada, parece fazer disso tudo uma festa. Afinal, não vamos nos animar em pensar: "Ufa! Alguém calou a boca do 'engraçadinho'", calma, isso tudo pode ser na verdade uma outra jogada de marketing da emissora de quinta.
Rafinha Bastos, já vai tarde.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.