#PorAmorNoViva: Troca dos bebês vai ao ar hoje no "Viva" - geraldopost

Opinião, Informação e Entretenimento.

#PorAmorNoViva: Troca dos bebês vai ao ar hoje no "Viva"

#PorAmorNoViva: Troca dos bebês vai ao ar hoje no "Viva"

Share This
César (Marcelo Serrado) e Helena (Regina Duarte) em cena da novela "Por Amor" (reprodução)
Vai ao ar hoje (06) no Canal Viva, a partir das 23h30, o capítulo em que Helena (Regina Duarte) troca os bebês, é o ponto de partida da novela de Manoel Carlos, com direção de Paulo Ubiratan e Ricardo Waddington, que foi exibida originalmente em 1997. Como toda novela de Maneco a cena causou uma grande polêmica na época de exibição, e é uma das cenas mais emblemáticas de televisão brasileira.

Helena e Eduarda (Gabriela Duarte) engravidaram no mesmo período e tiveram os filhos juntas, no mesmo dia e local, mais precisamente de mãos dadas. Em um parto comandado em cupla, pelos médicos da família. O parto de Eduarda foi repleto de complicações, a ponto de ter de tirar o útero, mas na madrugada daquela noite sob um forte tempestade, o filho recém nascido de Eduarda morre, e Helena em um ato de coragem troca os bebês.

Mas a troca dos bebês levantou uma dicussão sobre ética médica. Uma reportagem de Cristina Couto, da Folha de 14/12/1997, mostra que "A novela mostra um médico ilícito e antiético, um mau exemplo para a classe, mesmo que ele tenha agido com as melhores intenções", opina o obstetra Pedro Paulo Monteleone, 56, presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo. Para o médico, o personagem  César (Marcelo Serrado), que fez o parto das duas e é o médico da família cometeu dois crimes, emissão de atestado falso e deixou de zelar pelo prestígio da profissão.

A reportagem ainda cita alguns deslizes e incoerências da novela, porém, não devemos deixar de entender de que se trata de uma novela. "Está errado levar a criança para a mãe (Eduarda) desacordada, ainda mais depois de um pós-operatório, quando ela ainda está sedada", diz Paulo Gomes, enfermeiro e professor de ética da Universidade de Guarulhos, na época.

"Trato os médicos com ética, mas, por amor, alguém pode faltar com ela", disse o novelista Manoel Carlos à reportagem da Folha.

NO TWITTER...



O assunto #TrocaDosBebês tem sido comentado desde o capítulo de segunda-feira (3) pelos telespectadores no twitter, a hashtag #PorAmorNoVIVA é diariamente utilizada para apontar situações e fazer comentários da novela que foi exibida em uma época dos primórdios da internet no Brasil.

O Canal Viva comentou na tarde desta quinta o pedido de Helena, pela felicidade da filha: "Pedido de mãe tem muita força", disse a mãe coruja:


Pages