Bibi se vinga de Rubinho e é absolvida de associação com o tráfico em "A Força do Querer"

"A Força do Querer" a maior audiência dos últimos cinco anos na faixa das 21h (Reprodução)
A autora Gloria Perez e o diretor artístico Rogério Gomes guardam o final de "A Força do Querer" a sete chaves, cenas falsas foram entregues à equipe técnica, segundo a imprensa, e finais continuam em aberto. Um dos mais esperados e comentados está o de Bibi Perigosa (Juliana Paes) a mais complexa e polêmica personagem da novela responsável por grandes polêmicas como machismo, associação ao tráfico e apologia ao crime.

Bibi, por amor ao marido, se envolveu nas mais diversas loucuras e cometeu várias contravenções, como transportar maconha, armas e munições, além de negociar dívida de tráfico de drogas para o marido. Porém, o final da ex-universitária será regenerador. Fabiana Escobar, a Bibi Perigosa real, que inspirou a autora a escrever a personagem, gravará cenas da novela neste sábado no Rio de Janeiro.

No capítulo desta quinta (12) com a prisão do marido Rubinho (Emilio Dantas), Bibi vai finalmente colocar um ponto final no relacionamento e comer o pão que o diabo amassou, pagando todos os seus crimes informalmente. Rubinho vai fazer com que ela pegue a pensão de Dedé com Carine (Carla Diaz), agora a "primeira dama do tráfico" do Morro do Beco. Bibi, vai ainda confessar ao marido que o traiu com Caio (Rodrigo Lombardi) deixando-o possesso. 

Bibi vai descobrir uma grande façanha do ex-noivo Caio, Aurora (Elisangela) vai revelar que todo o dinheiro que Rubinho deu para a compra da casa jamais foi utilizado para o feito. Aurora vai contar toda a verdade para a filha, a casa era de Caio e ele a doou para a sua família. Bibi ficará em choque com a revelação.

Na próxima semana, nos últimos capítulos da novela, Bibi será julgada por associação ao tráfico e será absolvida. Querendo dar um novo rumo para sua vida, a ex-baronesa do pó vai abrir um brechó para recomeçar uma vida de dignidade. Ela conseguirá roupas com a família de Caio, como Heleninha (Totia Meirelles), por exemplo.

Em um post recente, GERALDOPOST publicou que um dos possíveis finais de Bibi Perigosa era uma morte inédita para uma protagonista na faixa das 21h. Bibi morreria no último capítulo da novela, o único protagonista de novela das 20h/21h foi Carlão (Francisco Cuoco) em "Pecado Capital", novela exibida em 1975, escrita por Janete Clair, autora que lançou Gloria Perez às novelas.

Em contato com a autora a morte não foi descartada e nem confirmada: "Inédito não seria: Carlão de 'Pecado Capital' morreu", respondeu a autora, completando. "Porque não simplesmente, acompanhar como correu a vida para essas pessoas? A vida oferece muitas possibilidades, esses finais são só uma delas", concluiu respondendo sobre uma enquete realizada em que o público quer Caio e Bibi juntos no final.

INSPIRADO EM FATOS REAIS...

O enredo da novela faz diversas críticas à justiça brasileira, a autora já criticou a justiça colocando as falas em vários personagens: críticas como a justiça é branda em casos como tráfico de drogas, soltando traficantes dias depois de serem presos. Ainda nesta semana, uma nova crítica irá ao ar com o personagem Sabiá, que conseguirá sair da cadeia no "saídão do 'Dia das Crianças'", prática comum e garantida pela constituição brasileira.

Na vida real, Bibi Perigosa, foi processada pelo Estado por associação ao tráfico e foi absolvida pela justiça. Bibi deu a volta por cima e passou a trabalhar honestamente, na Rocinha foi uma das criadoras do Rocinwood, ONG que cria vídeos e curtas metragens. Assim como a Bibi da novela dividiu a opinião pública com as suas loucuras, nunca foi condenada por nenhum crime, escreveu o livro "Perigosa", após escrever em um blog seguindo conselhos de Gloria Perez, que na época escrevia a novela "Salve Jorge".

"Perigosa" teve os direitos vendidos para a Globo em 2013 e iria virar uma série, mas acabou sendo aproveitada no enredo de "A Força do Querer", que aumentou em 12 pontos a faixa de audiência da Globo. A trama estreou com 33 pontos de audiência em 3 de abril e na última semana, registrou médias de 45 pontos.

RECORDES DE AUDIÊNCIA

TV Globo
No sábado (30) a novela registrou recordes de audiência com 37 pontos em São Paulo e 40 no Rio de Janeiro, registrando a maior audiência de uma novela das nove, neste dia da semana, desde 2013.

Na segunda-feira (2) a novela marcou 45 pontos de audiência em São Paulo e 44 no Rio de Janeiro, no dia seguinte terça-feira (3) a novela voltou a bater recordes em São Paulo com 45 pontos e no Rio registrou 48 pontos de média. Na quarta-feira (4) dia que o capítulo é menor, por causa do futebol, a novela teve um capítulo especial e marcou 43 pontos, quando normalmente registra 37.

O sucesso da novela é tamanho que a Globo chega a perder 9 pontos de audiência no três minutos seguintes que a novela caba. Foi o que aconteceu na segunda-feira (3), a novela estava com 47 pontos às 22h45, às  22h48 a Globo marcava 38,8 pontos com a exibição de "Cidade Proibida", às 22h49 a emissora já estava com 33 pontos.

Na segunda-feira (9) na sequência que Ruy (Fiuk) atirava em Zeca (Marco Pidossi) a novela voltou a bater recordes de audiência, no capítulo deste dia marcou 45 pontos de média. Na terça-feira (10) a novela foi exibida entre 22h32 e 23h53 e registrou impressionantes 43 pontos de audiência.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.