About Me

GAY: Sites concorrem ao prêmio melhor do ano

Sites gays Super Pride, A Capa, Mix Brasil, Vipado e G Online concorrem ao prêmio "Ômega Hitz Awards" e variam entre a futilidade e informação
reprodução
Enquanto Ailton Botelho seleciona um pequeno time para atualizar seu VIPADO com 'reportagens' sobre viagem, baladas e muita puxação de saco, Nelson Sheep diverte seus leitores com textos engraçados e sem papas na língua, termos usados equivocadamente dão o tom do SUPER PRIDE, palavras jamais vistas no VIPADO podem ser encontradas ali, na busca desesperada de audiência, isso é fato, mas o VIPADO é um site, como disse um 'vipado' famoso, é um site Ego para ve***. 
Enquanto isso o já consagradado MIX BRASIL varia entre informação, pegação e sociabilidade. Inauguraram uma revista, a Junior, que é cheia de pretensão, que a única coisa de bom é quando distribuem VIP para entrar na The Week, deixando os frequentadores amassados de tão cheia que fica a pista do club de André Almada. André Fischer está prestes a colocar na praça uma revista para gays mais velhos, com textos mais elaborados, como se os jovens não tivessem capacidade de lê-los. Péssimo.
A CAPA é uma edição em miniatura da Junior e uma boa mistura disso tudo, pornografia, textos de segunda linha, mal escritos e engraçados, fazem parte do site, que tem correspondentes em todo o país, segundo eles mesmos. Originado de uma revista que tem circulação 'gratuita', mas que pode ser assinada com uma pequena taxa.
Mas a melhor opção sem sombra de dúvidas é o G ONLINE que nunca escondeu suas reais intenções, de colocar homem pelado para os gays se divertirem com os ensaios e produções de pronográficas, é isso e ponto, sem qualquer pretensão de bem informar seu público, apesar de algumas poucas e construtivas reportagens sobre comportamento.
Em todas as opções, impossível escolher a pior. É uma total e ridícula demonstração da limitação de  empresários gays brasileiros. Diferentemente da edição da Revista TRIP com os surfistas na capa, apresentando entrevistas realmente interessantes e levantando a bandeira em prol dos gays e da liberdade sexual. São todos sites cheios de vulgaridades e limitações bem típico da sociedade gay em que vivemos, péssimos e sem conteúdo realmente informativos.
O negócio é votar no site da G Online, afinal, de sacanagem para sacanagem, vamos votar naquele que nunca escondeu suas intenções.

Postar um comentário

0 Comentários