About Me

Adriane Galisteu em baixaria sem fim com "Muito +"

A ex-modelo que ficou marcada como namorada de Senna, voltou para apresentar um programa repleto de baixaria
reproduçãosite
Quem conhece Adriane Galisteu sabe o quanto ela pastou para chegar à fama, de modelo que segurava guarda-sol na pista de Interlagos, foi namorada de Ayrton Senna, virou a viúva do mesmo e virou celebridade, foi pisada pela família dele e virou inimiga pública de Xuxa Meneghel, para chegar ao estrelato não demorou muito, com a inauguração da Rede TV! foi apresentar o SuperPop, gananciosa trocou de emissora e foi para a Record, quando estava bombando, por mais dinheiro ainda foi para o SBT e amarga desde então o fracasso.
O fracasso só não é maior, por que as revistas de celebridades fazem de tudo para vender, ela é notícia para qualquer coisa, de qualquer coisa e sobre coisa alguma. Foi para a Band e está desde então encarando sérios problemas de audiência, afinal, a Band não marca mais de 5 pontos, quando marca enfrenta um jejum ainda maior para reconquista-los e hoje ela voltou ao ar, ao vivo, assim como ela gosta, para fazer mais baixaria na TV. Não basta ter Sônia Abrão na Rede TV! agora temos Adriane Galisteu na Band, repleta de futilidades, já na estreia, dá atenção à outra subcelebridade, uma ex assistente de palco de um programa da Rede TV!, que chama uma ex-colega de lésbica e outra de garota de programa, quando tudo parecia estar no ápice da baixaria. Entra um 'fofoqueiro' que segundo a apresentadora é 'o terror das celebridades', ele entra via telão direto do Rio de Janeiro e conta uma bomba: "um ex-BBB está nos Estados Unidos fazemdo programa, morando com um homem velho', aí o blogueiro inventor de Katylene sugere que seria o ex-BBB Alemão, logo depois diz outra bomba "dois adores de Fina Estampa estão tendo um caso, que estão ultrapassando os limites e se pegando na frente de todos", ilustrando 'a notícia bomba' na tela a foto de 'todos' os atores da novela e lá vem mais e mais bobagens.
Entra uma matéria que investiga se o namorado de Bárbara Evans é gay, como se isso fosse da conta de alguém. Galisteu que tinha anunciado uma entrevista exclusiva com Chris Flores, da Record, sobre a inimizade com Ana Hickman, diz que deixará a 'exclusiva' para amanhã, pois gostaria de dar mais atenção ao tema, ou seja, quer polemizar mais.
Foram três temas ligados à homossexualidade, além de ter três assistentes gays e um que disse que "no máximo que um homem diz sobre o outro é que ele é 'boa pinta'", depois este mesmo vai até os dois comentaristas gays que estavam sentados, fica ao meio, para mostrar que não preconceito.
Galisteu está em seu pior momento, ela é linda e talentosa, sua vida pessoal, de nada me interessa, mas já passou por tanto preconceito na vida, por tantos problemas envolvendo o irmão e o pai, que deveria ter vergonha de apresentar um programa tão lixo quanto esse "Muito +", a Band, que tem tantos bons profissionais como Ricardo Boechat e Joelmir Beting (citando apenas dois) e uma grande fama de bom jornalismo, que entrou em uma barca furada, vai simplesmente entrar mais uma vez para o ranking da futilidade da televisão brasileira.

Muito +
De Segunda à Sexta-feira, às 15h30
Cotação: Péssimo.

Postar um comentário

1 Comentários

Alessandro disse…
Adorei a Ofrásia Baiana e tbm o boneco que fica sentado entre as duas...o machão rsssss.