About Me

ELEIÇÕES 2012: Erundina será vice de Haddad em São Paulo


A ex-prefeita da cidade de São Paulo Luiza Erundina (PSB) será a vice na chapa de Fernando Haddad, que concorre pelo PT nas eleições municipais de outubro.
Haddad e Erundina, à direita Eduardo Campos (Fábio Braga/Folhapress)
Erundina disse na coletiva de imprensa que "defenderá os pobres no embate com José Serra (PSDB)" segundo reportagem da Folha, deste sábado (16) e prometeu buscar apoio da senadora Marta Suplicy que faltou a mais um evento do partido dos trabalhadores.
Ainda segundo reportagem da Folha, Erundina criticou os meios de comunicação e elogiou o governo argentino, que regula a imprensa do país "Avançou significativamente no enfrentamento aos poderosos da mídia".
Em pronunciamento ela disse "Esperamos que a Marta se some a nós. Se o partido e o candidato me permitirem, vou procurá-la pessoalmente, porque somos amigas e precisamos estar juntas nessa tarefa histórica."
RASTRO
Erundina disse ainda ser 'cabeça chata' como o o ex-presidente Lula, que não compareceu ao evento por recomendação médica, disse não guardar cmágoas do partido (ela saiu do PT em 1997, quando enfrentava conflitos interno) e disse nunca ter 'mudado de lado.'
Assim como Lula se emocionou, em público, ao comentar a candidatura de Haddad e trocou elogios com o candidato petista.
ANÁLISE
A chegada de Luiza Erundina a chapa petista está mostrando a total defasagem da ala petista em São Paulo, tudo que já aconteceu com o PSDB em outros anos, o PT está dividido, entre a cruz e a espada, o PT disposto a jogar todas as cartas está fazendo uma grande salada de frutas, para não perder as eleições de outubro, que mostra grande vantagem de José Serra perante outros candidatos.
Se Marta Suplicy, magoada ou não com o partido por ter sido preterida por Lula e Dilma, não entrar nessa ela estará no limbo dos companheiros/caciques, disposta a ajudar apenas na campanha oficial (quando começa oficialmente a corrida ao pleito) Marta já se mostrou em um mato sem cachorro, afinal, não dá para ser Marta sem PT e PT sem Marta na capital paulista.
Marta mostra-se totalmente ela mesma, não esconde suas preferências e desafetos, aquele mesmo jogo verdadeiro que a fez perder a Eleição para o mesmo José Serra, há oito anos, que este prometido a não largar a cadeira cedeu a Kassab o poder.
Agora é o jogo político em cena, Kassab que estava a se filiar ao PT saiu pela tangente e se filiou ao PSBD, Maluf que sempre fora o alvo dos petistas em eleições anteriores é o novo aliado, e agora Erundina na jogada mostra que não tem Marta, vai com Erundina mesmo.
Será que vira? Sei não.

Postar um comentário

0 Comentários